Benchmarking: um bom aliado do marketing digital

Fazer comparação é algo que nos acompanha desde a nossa infância, seja entre amigos, colegas de trabalho ou família. No mundo corporativo, não é exceção. Já te perguntaste “Como é que a minha empresa está em relação à concorrência?”. É aqui que entra a utilização do benchmarking.

benchmarking

O que é o benchmarking?

Benchmarking significa “referência” e é um instrumento utilizado para analisar as estratégias e ações de empresas concorrentes, onde é possível identificar as suas boas e más práticas. Podemos, assim, evitar cometer os mesmos erros ou utilizar referências para desenvolver estratégias mais eficazes.

 

Nesta análise, são recolhidos dados que servirão como referência para as tuas estratégias de marketing e a sua eficiente interpretação é essencial para obter melhores resultados. 

 

Esta estratégia não se resume a “imitar” a concorrência, esta oferece a oportunidade de explorar outras ideias. 

 

O objetivo final é aplicar modificações que impliquem a melhoria da tua empresa perante a concorrência.

Os princípios do benchmarking

A lógica do benchmarking assenta em 4 pilares:

 

  • Reciprocidade: o benchmarking é uma técnica utilizada em parceria, ou seja, as informações e os dados devem ser partilhados de igual forma, beneficiando assim todos os intervenientes e criando um relacionamento de confiança.
  • Analogia: para a criação de resultados eficazes, é necessário adaptar os processos da organização em análise à respetiva organização que realiza o benchmarking.
  • Medição: o benchmarking baseia-se na comparação de desempenho entre as empresas, onde os sistemas de medição dependem dos indicadores selecionados pelas mesmas.
  • Validade: os dados recolhidos durante a análise devem ser válidos. 

 

As suposições ou intuições não são métodos fidedignos de análise.

A importância do benchmarking para as empresas

O benchmarking é um ponto crucial no momento de destacar a tua empresa no mercado contribuindo para a eficácia e eficiência geral da mesma.


Para o desenvolvimento e crescimento de uma empresa, é necessário sabermos como nos posicionamos em relação às restantes. Este é um fator determinante, pois impulsiona as empresas para a adoção de melhorias nas suas estratégias com base nos resultados dos seus concorrentes.


Além disso, o benchmarking é importante para a tua empresa, porque oferece um método de descoberta de novas oportunidades para o teu sucesso.

Os diferentes tipos de benchmarking

  • Interno: este é um processo de avaliação interna, cujo objetivo é melhorar as práticas existentes e desenvolver novas metodologias. É o tipo de benchmarking mais fácil de executar e com custos reduzidos. 
  • Competitivo: permite a análise dos processos utilizados pela concorrência com a intenção de superá-los. Apesar de ser um pouco mais complicada, pois pode existir dados que não são fornecidos pelas empresas, é extremamente valiosa porque permite identificar o motivo pelo qual o teu concorrente está a ter sucesso.
  • Funcional: foca-se no funcionamento e permite a comparação dos processos utilizados por empresas que não são do mesmo ramo. 
  • Genérico: este tipo de benchmarking envolve a comparação de informações qualitativas relativamente a processos, tecnologia e pessoas, sendo aplicável quando existem processos semelhantes entre as empresas.
  • Cooperação: este tipo de benchmarking ocorre quando empresas concorrentes realizam uma parceria para partilha de informação com o intuito de crescerem em conjunto.

Como fazer benchmarking?

Para realizares corretamente benchmarking, deves seguir os seguintes passos:

 

  1. Efetuar uma análise interna: em primeiro lugar, é importante analisar os processos internos e práticas da tua empresa. 
  2. Selecionar os principais concorrentes para analisar: identificar as empresas com ações de sucesso e líderes de mercado.
  3. Definir os indicadores de análise: construir uma tabela para comparar aspetos de cada empresa de acordo com critérios que consideras importantes para a tua empresa. Se considerares importante o crescimento da tua empresa no digital, existem alguns indicadores a considerar que podes consultar no artigo ‘KPIs: indicadores-chave de desempenho para marketing digital.
  4. Recolher dados para análise: os dados podem ser obtidos através de ferramentas online, podem ser de domínio público ou através do contacto direto com a empresa concorrente. Para iniciares o processo de benchmarking, existem algumas ferramentas online que te podem ajudar, como o SimilarWeb e o Swonkie. 
  5. Analisar e comparar as informações: realiza uma análise criteriosa e compara com a da tua empresa. Irás começar a perceber quais os aspetos que são necessários melhorar e que métodos é que os teus concorrentes estão a utilizar.
  6. Definição e implementação do plano de ação: nesta etapa, ocorre a definição de ações a implementar para melhorar o desempenho da empresa, podendo introduzir as boas práticas dos teus concorrentes.
  7. Dar continuidade aos processos: para o bom funcionamento da aplicação do benchmarking, é necessário reavaliar as ações implementadas continuamente. 

De que forma o benchmarking pode ser um aliado do marketing digital?

De certeza que já te perguntaste “O que é que esta empresa faz no mundo digital para obter melhores resultados que os meus?”. Através do benchmarking, podes analisar a eficiência das tuas estratégias digitais em comparação com as empresas concorrentes, podendo responder a questões como:

 

  • Quais são os websites e os canais que mais frequentam?
  • Qual a linguagem que utilizam?
  • Quais os conteúdos que são publicados e com que frequência?
  • Como é a experiência do utilizador na página do concorrente comparativamente com a tua?
  • Como é a interação com o público?

 

Posto isto, a utilização do benchmarking é a chave para ergueres a tua empresa e obteres o sucesso para que tanto trabalhas! E lembra-te que os concorrentes não são os inimigos. São o caminho para obteres melhores resultados.

 

Fontes:

leads2b.com

organicadigital.com

rockcontent.com

neilpatel.com

Estágio Curricular em Marketing