fbpx

O que é a semiótica e como aplicar no design da marca?

Quando falamos em design, falamos principalmente em comunicar com a semiótica, um ramo da ciência que estuda os diversos significados das formas, cores, fontes, texturas, contextos, imagens, … que compõem os símbolos que conhecemos como uma linguagem universal.

semiótica

A semiótica serve como forte aliada nas áreas da sociologia e da comunicação a incluir no design de marcas e na criação de uma identidade visual, que garante a essência da marca na forma como se comunica com o seu público-alvo.

 

Para um estudo semiótico correto, é importante considerar o contexto em que se insere. Apresento, a seguir, alguns exemplos de como se aplica a semiótica no design de uma marca:

Na personalidade da marca

Um tópico essencial para que a semiótica seja bem aplicada é compreender a personalidade da marca, ou seja, saber quais são os valores, missão, visão, qual o público-alvo e como se pretende ser percebido no mercado e se isso está alinhado com o tom de voz adotado.


Esta análise fará com que a criação da identidade visual seja transparente e fiel à essência do negócio.

Nos elementos da marca

Cor e forma

As cores e formas influenciam, também, a nossa perceção e associação a significados que temos como referências culturais ou universais. Para isto, a psicologia das cores e das formas age como tradutora em cada contexto.


Por exemplo, se a marca pretende transparecer uma visão jovem e descontraída, utiliza-se cores vibrantes com apoio a transparências e formas mais arredondadas para comunicar leveza.
Se a marca pretende transparecer uma visão elegante e séria, utiliza-se de cores mais escuras e formas geométricas pontiagudas.

Símbolos

Para além das formas e cores, existem os símbolos e ícones que também servem como linguagem universal e que influenciam na comunicação da ideia.


Por exemplo, se a marca tem o propósito da sustentabilidade, utiliza-se o recurso de alguns ícones que remetem para a ecologia como a folha, a gota, para os casos que envolvem a água, ou mesmo o ícone de planeta terra. Dessa forma existem várias formas de comunicar uma mesma ideia, cabe ao designer avaliar com base na semiótica, qual se aplica melhor.

Tipografia

Todos os pormenores devem ser tidos em consideração para que a personalidade da marca se destaque no contexto em que se insere. Outro fator importante da semiótica no design é, sem dúvida, a tipografia. A fonte utilizada diz muito sobre a forma como querem que público percepcione o mesmo.

 

Já paraste para pensar por que é que os eventos de halloween tem fontes display e os convites de casamento tem fontes com serifa ou script? E por que não ao contrário? Esses são aspetos que, quando utilizados de forma apropriada, trazem credibilidade ao que se pretende comunicar, logo à marca.

Em resumo

A semiótica é uma ferramenta valiosa para o design de marcas. Esta ajuda os designers a criar uma identidade visual que capte a essência da marca e comunique com o público-alvo da maneira que pretendida.


Ao entender a personalidade da marca, o contexto social e temporal que esta se insere, as cores e formas apropriadas, os símbolos e ícones representativos e a tipografia, é possível criar uma identidade visual única e atraente.

Juliana Gregory

Estágio Curricular em Design de Comunicação