fbpx

Uma nova vida para o Twitter - “X”

Adeus, pássaro azul. Olá, X.

Elon Musk ao adquirir a empresa na sua totalidade, desenvolveu novas estratégias de inovações como forma de desenvolver mais a sua identidade e reputação.
Uma das principais estratégias foi o término do Twitter com a criação de uma nova plataforma com o nome designado de “X”.

No dia 23 de julho, Musk anunciou em vários tweets que o Twitter iria alterar o logo.
Um desses tweets foi com um vídeo curto de um utilizador da plataforma que continha um “X” a piscar no edifício da sede da empresa , demonstrando assim como iria ser a nova identidade visual da plataforma.

Em abril de 2023, num documento legal, Elon Musk já tinha anunciado a mudança de nome da empresa para “X Corp”. A mudança do nome está alinhada com os planos de Musk de utilizar a sua aquisição do Twitter para criar o “X, uma aplicação para tudo” numa duração de até 5 anos para concretizar estas mudanças.

O objetivo desta nova plataforma passa por tornar-se numa aplicação multifacetada, com serviços financeiros, à semelhança do WeChat na China, que integra desde redes sociais até à possibilidade de marcação de consultas médicas, entre muitas outras funcionalidades.

No início de julho, o empresário anunciou que a rede social terá temporariamente limites diários no número de publicações que um utilizador poderá ler, alegando assim “evitar níveis extremos de recolha de dados e manipulação do sistema”.